Evolução mensal das dívidas #6 (30 de Setembro de 2018)

Saiu mais um mapa (finalmente — este mês atrasou-se, por ter mudado de formato. Espreitem os vossos, se estiverem curiosos/as!). Vamos a isto…

(valores ligeiramente arredondados, como sempre.)

  • Cartões de crédito: 1490€ (menos 310€ que no mês anterior)
  • Créditos: 29895 (menos 230€ que no mês anterior)

Total em dívida: 31385€.

Evolução desde o fim de Agosto: menos 540€.

Como já mencionei num post recente, as coisas já evoluiram desde então (30 de Setembro foi há um mês, afinal), tendo entretanto já acabado com o 2º dos 3 cartões de crédito existentes no início desta emocionante saga.  Mas isso só aparecerá no mapa que estará disponível daqui a cerca de um mês.

Daqui a pouco menos de um mês (imagino que lá para dia 25) acontecerá outra coisa: o fim da dívida do 3º cartão, e a passagem dos pagamentos do mesmo para 100%. Assim, nunca o usarei sem ter dinheiro na conta para pagar as compras online (que serão sobretudo assinaturas, livros, e um jogo ou outro), e nunca mais pagarei juros do mesmo.

Ah, e os créditos, pela primeira vez, desceram abaixo dos 30000€. 🙂

Isto demora… mas eventualmente vai ao sítio. 😉 E já se vê a meta… (bem, a primeira delas)

4 comentários em “Evolução mensal das dívidas #6 (30 de Setembro de 2018)”

  1. Excelente ! A pouco e pouco vais vendo o fundo ao tacho.
    Em relação aos outros 30K, não sei qual é a taxa que tens, mas pelo que li o activobank está com uma taxa de 6% no crédito ao consumo. Fica aqui a informação para o caso de te compensar trocar.

Deixar uma resposta