Gastos semanais: Semana #16 (18 a 24 de Agosto de 2018)

Com algum atraso, mas aqui vai…

Nota: como habitualmente, os valores em geral são arredondados.

Gastos na conta bancária:

  • 44€ – seguro de saúde (mensal)
  • 75€ – gasolina
  • 33€ – água (mensal)

Gastos no cartão de refeição:

  • 30€ – 4 refeições (tive de almoçar um dia em casa)

Gastos no cartão de crédito:

  • 35€ – renovação de domínios web (anual para estes domínios — há outros que são renovados noutros meses)
  • 7€ – comics assinados no Comixology
  • 23€ – assinatura (2 créditos) Audible (mensal)

Resultados:

Gastos totais: 247€
Gastos em entretenimento: 30€ (12.1% do total).

Nada de particularmente interessante aqui, eu sei. Mas (e isso não aparece aqui), acabei de pagar totalmente um dos 3 cartões de crédito! Só restam 2, que ainda quero ver se “mato” até ao fim de Novembro, como planeado desde o início.

Reduzi também o seguro do crédito pessoal maior, passando a cobrir só morte ou invalidez total, e poupando assim uns 30€/mês. Afinal, não antecipo ficar desempregado (a não ser no referido caso de invalidez total, que pode acontecer a qualquer um (doença ou acidente), mas esperemos que não).

Por outro lado, na semana que se segue vão haver mais despesas de entretenimento… Enfim, mesmo assim não será nada do outro mundo.

Gastos semanais: Semana #15 (11 a 17 de Agosto de 2018)

Nota: como habitualmente, os valores em geral são arredondados.

Gastos na conta bancária:

  • 62€ – telecomunicações (mensal)
  • 51€ – electricidade (mensal)
  • 177€ – compra de supermercado

Gastos no cartão de refeição:

  • 35€ – 4 refeições

Gastos no cartão de crédito

  • 5€ – jogo
  • 4€ – ebook
  • 43€ – comics no Comixology

Resultados:

Gastos totais: 377€
Gastos em entretenimento: 52€ (13.7% do total).

Outro mês em que as despesas de entretenimento foram mais do que o normal, sobretudo os comics (que, além das coisas assinadas, incluíram a compra de comics específicos). Ando numa fase de ler imensos comics em casa, mas de qualquer forma isto foi mais do que devia. A despesa de supermercado deveu-se sobretudo a ter a casa “vazia” depois das férias, mas também doeu um bocado.

Enfim, mesmo assim o balanço total do mês será positivo, como dará para ver no mapa de responsabilidades do fim de Agosto (que ainda demorará mais de um mês a sair — ainda nem está disponível o de Julho…). Mas tenho de ver se acelero mais isto (o que implica gastar menos, para ter mais para limpar dívidas).

Gastos semanais: Semana #14 (4 a 10 de Agosto de 2018)

Isto anda meio parado, eu sei… em grande parte é porque a cabeça entrou em “modo férias”, e, mesmo depois de uma semana de trabalho, ainda não voltou ao “normal”. Enfim, mais uns dias e vai ao sítio. Pelo menos esta semana escrevo este post sem atrasos. 🙂

Nota: como habitualmente, os valores em geral são arredondados.

Gastos na conta bancária:

  • 36€ – IUC (anual)
  • 14€ – gás (mensal)

Gastos no cartão de refeição:

  • 39€ – 5 refeições

Gastos no cartão de crédito:

  • 13€ – 2 ebooks
  • 55€ – comics no Comixology (assinaturas, e alguns comprados directamente)
  • 30€ – jogo de PS4

Resultados:

Gastos totais: 187€
Gastos em entretenimento: 98€ (52.4% do total).

Mais entretenimento que nos últimos meses… enfim, o valor absoluto não é muito, desde que não torne isto (outra vez) regular.

Gastos semanais: Semana #13 (28 de Julho a 3 de Agosto de 2018)

Outra vez com uns dias de atraso… enfim, estava de férias, e estava mesmo a precisar de descansar a cabeça. Não só não escrevi aqui (sem contar com estes posts dos gastos semanais, e mesmo esses com algum atraso), como também não andei a ler livros sobre finanças e desenvolvimento pessoais, como tinha inicialmente pensado (e como fiz nas férias anteriores, já agora); acho que às vezes uma pessoa precisa mesmo de se “desligar”. Mas agora estou de volta, e há muito a fazer.

Anyway:

Nota: como habitualmente, os valores em geral são arredondados.

Gastos na conta bancária:

  • 119€ – compras de supermercado
  • 24€ – compras em lojas chinesas (para a casa de férias — já ficam para os próximos anos)

Soma-se a isto mais pagamentos de cartões, créditos, etc.

Gastos no cartão de refeição:

Nada! 🙂

Gastos no cartão de crédito:

  • 8€ – assinatura no Comixology
  • 15€ – coisas que suporto no Patreon (mensal)
  • 49€ – servidores alugados (já reduzido desde o mês passado, mas como o cancelamento dos servidores não usados foi a meio do mês, no próximo será ainda menos) (mensal)

Resultados:

Gastos totais: 215€
Gastos em entretenimento: 23€ (10.6% do total).

As compras de supermercado voltaram a ser um bocado altas, mas incluíram, além das várias refeições em casa, várias coisas entretanto trazidas para cá (tanto alimentos como coisas mais definitivas).

Gastos semanais: Semana #12 (21 a 27 de Julho de 2018)

Com uns dias de atraso (devia ter sido postado na sexta-feira, dia 27), mas, ei, estou de férias. 🙂 Aqui vai, então:

Nota: como habitualmente, os valores em geral são arredondados.

Gastos na conta bancária:

  • 170€ – compras de supermercado (para as férias, já cá “em baixo”)
  • 44€ – seguro de saúde

Houve também o pagamento dos cartões de crédito, mas isso não se inclui aqui, como falado anteriormente.

Gastos no cartão de refeição:

  • 28€ – refeição (para 2 pessoas) (não tenho sido eu a pagar a maior parte das vezes, além de que se tem tentado comer mais vezes em casa)

Gastos no cartão de crédito:

  • 23€ – assinatura (2 créditos) do Audible (mensal)
  • 10€ – assinatura do Office (mensal)
  • 11€ – assinatura do Netflix (mensal)
  • 7€ – assinatura do Google Music (mensal)
  • 20€ – jogo no Steam (já fiz anos, a semana passada, por isso já posso voltar a comprar jogos. 🙂 Mas mesmo assim não antevejo muito mais compras, no futuro próximo, tanto aqui como depois das férias; este era um em relação ao qual já tinha curiosidade há uns bons meses, além de ser algo “leve” e que o meu PC actual (já velhinho, mas que também teve direito a vir de férias 🙂 ) aguenta bem)

Resultados:

Gastos totais: 313€
Gastos em entretenimento: 61€ (19.4% do total).

Acho que não foi muito mau. os gastos em supermercado foram significativos, mas a ideia tem sido comer a maior parte das vezes em casa, e também deixá-la (é emprestada, de família) tão ou mais “atestada” do que estava. A maioria do entretenimento foi coisas mensais. E o subsidio de Verão permitiu dar uma boa “pancada” nas dívidas dos cartões — agora é esperar pelo próximo mapa de responsabilidades, que sairá lá para o fim de Agosto.

Gastos semanais: Semana #11 (14 a 20 de Julho de 2018)

Nota: como habitualmente, os valores em geral são arredondados.

Gastos na conta bancária:

  • 33€ – água
  • 39€ – telecomunicações (acerto) (mensal)

Gastos no cartão de refeição:

  • 32€ – 4 refeições (almocei um dia em casa por ter de passar a manhã à espera da instalação do esquentador)

Gastos no cartão de crédito:

  • 62€ – supermercado
  • 24€ – renovação de uma licença de software (anual)
  • 50€ – Tempest 4000 (sim, comprei-o duas vezes, na PS4 e no Steam. Em parte para suportar os autores, em parte porque a forma ideal de o jogar é na PS4, mas vou de férias amanhã e só levo o laptop, e em parte porque, como tinha mencionado já em Maio, esse era um de dois jogos que eu tinha dito que seriam os únicos que iria comprar até fazer anos (para a semana), e o outro acabou por me ser oferecido, portanto… anyway, é justo. De alguma forma. 🙂 )
  • 37€ – comics no Comixology

Resultados:

Gastos totais: 277€
Gastos em entretenimento: 87€ (31.4% do total).

Por um lado os gastos não foram enormes (sobretudo se comparados com a monstruosidade que foi o esquentador o mês passado), por outro lado o entretenimento foi… mais que o normal, tanto em valor absoluto como em termos relativos. Enfim… por um lado estava tudo já mais ou menos previsto, já há alguns meses (ou seja, não foi impulsividade), e por outro estou quase a fazer anos. 😉

Amanhã, como disse, vou de férias, durante duas semanas. Ainda não sei como vai ser em termos de posts; pelo menos os das despesas semanais devem aparecer por aqui, além do da evolução mensal das dívidas (possivelmente ainda este fim de semana), e também queria ver se escrevia sobre os vários conceitos que ainda faltam. Mas é possível que haja menos posts que habitualmente. Por outro lado, tenciono ler vários livros sobre finanças pessoais e desenvolvimento pessoal, e isso pode-me dar vontade de esccrever mais… We’ll see.

Gastos semanais: Semana #10 (7 a 13 de Julho de 2018)

Nota: como habitualmente, os valores em geral são arredondados.

Gastos na conta bancária:

  • 48€ – electricidade (mensal)

Gastos no cartão de refeição:

  • 40€ – 5 refeições

Gastos no cartão de crédito:

  • 440€ – esquentador (incluindo instalação) — comecei por comprar um, afinal ali tem de ser ventilado, etc. etc. — sim, foi um bocado. 🙁
  • 43€ – Kickstarter em que participei
  • 67€ – encomenda de supermercado
  • 36€ – comics assinados no Comixology

Resultados:

Gastos totais: 762€
Gastos em entretenimento: 79€ (10.3% do total).

OK, o esquentador foi… mau. 🙁 O anterior, da mesma marca, durou 20 anos, pelo que, se este durar o mesmo, fica (mesmo contando com a instalação) a 22€/ano, ou 1.83€/mês, o que não é o fim do mundo. Vamos ver se se porta tão bem. (Incidentalmente, ainda não foi montado; o técnico só volta lá segunda-feira, por isso estou há uma semana e meia a tomar banho de água fria poupar imenso no gás. 🙂 )

O Kickstarter… foi uma vez sem exemplo, e os comics do Jim Starlin foram uma grande inspiração (e companhia) para mim nos anos 80 e 90, e… poupança é importante, mas acho que a gratidão tem de se sobrepôr. Ir receber, um dia destes, um livro em hard cover com a arte dele, é um bónus. 🙂

Gastos semanais: Semana #9 (30 de Junho a 6 de Julho de 2018)

Nota: como habitualmente, os valores em geral são arredondados.

Gastos na conta bancária:

  • 40€ – gás (mensal)
  • 120€ – encomenda de supermercado

Gastos no cartão de refeição:

  • 38€ – 4 refeições (num dos dias fui só trabalhar de tarde, e por isso almocei em casa)

Gastos no cartão de crédito:

  • 7€ – assinatura do Google Play Music (mensal)
  • 15€ – coisas que suporto no Patreon (mensal)
  • 57€ – servidores alugados, onde tenho os sites (mensal)

Houve também o pagamento dos créditos pessoais (600€, ao todo) e do cartão de crédito que faltava, mas, como anteriormente decidido, não faz sentido incluir isso aqui — só se comprasse alguma coisa a crédito.

O que, infelizmente, vou ter de fazer para a semana — o meu esquentador, depois de 20 heróicos anos (comprado novo em 1998) de trabalho árduo, “deu o berro”, e, pelo que investiguei, os preços habituais de reparações não são propriamente baixos, gasto esse que não me parece fazer sentido para algo já tão antigo. Enfim, se o próximo durar mais 20 anos (até 2038), não me posso queixar. 🙂 E, claro, não vou comprar nada “topo de gama”. Até lá… banhos de água fria. 😛

Resultados:

Gastos totais: 277€
Gastos em entretenimento: 22€ (7.9% do total).