Sim, ainda vivo…

Peço desde já desculpa aos estimados leitores/as por ter “desaparecido” daqui nas últimas semanas sem avisar (nem sequer tenho comentado nos blogs relacionados que normalmente sigo). Infelizmente, ando mesmo sem grande “cabeça” para escrever — ando cansado, com vários tipos de cansaço à mistura (o de dormir pouco, o de andar stressado e preocupado com várias questões, e o de andar a precisar de umas férias substanciais, daquelas que em geral só se consegue uma vez por ano, e que por isso estou a guardar mais para o Verão). Isso somado ao facto de também não estar a acontecer nada de “interessante” — em parte pelo Natal e afins (acabei por gastar mais do que queria, e por isso acabei também por não escrever o post sobre o Natal e o consumismo que queria escrever — achei que seria um pouco hipócrita), em parte por ter tido várias despesas anuais (como o seguro do carro, renovação de assinaturas, etc.), e em parte também por ter gasto mais em entretenimento do que devia, ainda não deu nem para fazer certa compra informática que queria fazer (e que neste momento já penso adiar mais uns meses), nem para começar a investir. Mas enfim, tudo se resolve.

Ainda tenho um post de evolução mensal das dívidas por escrever (o do estado das dívidas no fim de Novembro — entretanto, o mapa de Dezembro é capaz de sair já neste fim de semana), coisa que espero fazer hoje ou amanhã, mas não sei mesmo como é que vou fazer em relação aos posts das despesas semanais. Acho que se, se eles voltarem, serão mais simples, apenas com os totais (tipo “necessidades“, “entretenimento” e, possivelmente, “sites e projectos“, separadamente, sem entrar em detalhes sobre as várias coisas).

Entretanto, comecei ontem a ler este livro, que me parece bastante interessante, pelo que vejo na descrição e no índice. (não, não é link de afiliado 🙂 )

2 comentários em “Sim, ainda vivo…”

Responder a OvelhaOstra Cancelar resposta